Monthly Archives: April 2016

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (61)

QUE QUERES DE MIM?   Que queres de mim? Porque me chateias? Queres a minha ira, A raiva de uma vida solta, E o desânimo pelo fogo que ateias, Um pesadelo no sono, A tristeza, O abandono, A resistên… Fonte: … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (128)

A VIA DE CINTURA INTERNA – A GRANDE CICATRIZ DA CIDADE DO PORTO   A  A 20  – Circular Regional Interior do Porto (CRIP), vulgo VCI, é uma auto-estrada que contorna por norte e por nascen… Fonte: UMA CARTA DO … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (60)

QUANTO DEVE DEMORAR UM ABRAÇO     Preciso de um beijo, amor, E de um abraço, Terno, forte, sentido, apertado, E de me encostar no teu regaço. O teu silêncio prolongado Dói-me, intriga-me,… Fonte: IMAGEM E POESIA – Por José … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (127)

A ORDEM DOS MÍNIMOS E A CAPELA DE SÃO FRANCISCO DE PAULA A Ordem dos Mínimos é uma ordem religiosa católica, do tipo mendicante, e desde o começo da sua existência precisou, como qualquer ou… Fonte: UMA CARTA DO PORTO … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (59)

O destino das palavras. Fonte: IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (59)

Posted in Uncategorized | Leave a comment